Skip to content

“O imaginário folclórico e os homens que sapiens, sapiens” por Leopoldo Nóbrega

29/06/2011


Leopoldo Nóbrega celebra 20 anos de carreira com reflexão madura sobre o homem, os arquétipos da cultura popular e mundo contemporâneo

Leopoldo Nóbrega registra os seus 20 anos de carreira com a abertura da exposição  “O imaginário folclórico e os homens que sapiens, sapiens”, nesta quinta-feira (30) às 20h, na Torre Malakoff.  A mostra segue até o dia 21 de julho oferecendo ao público uma viagem pelo universo criativo do artista, desdobrado em artes plásticas, desenho, cerâmica, cenografia e moda.

A mostra é a primeira individual do artista e faz uma retrospectiva no seu  ciclo de trabalho por meio da reflexão sobre as relações sociais e os arquétipos da cultura popular brasileira, questionando o homem enquanto ser pensante – tema que vem inspirando a trajetória de Leopoldo nessas duas décadas.

 

Ensaio Aberto Chacon e Zé Manoel | 17 de Fev no Muda

03/02/2011

Espaço Muda | Rua Capitão Lima, 280 (ao lado da Rádio Jornal).
17 de Fevereiro às 20h
Info. 3032.1347
Entrada grátis

Lançamento do EP de Chacon | Casa de Seu Jorge | Qui (16)

15/12/2010

Os novos ventos de Ricardo Chacon

Projeto revela talento autoral  do músico e o distancia ainda mais dos estereótipos criados em torno da Nós4.

Quebrar barreiras e mostrar um lado desconhecido pela grande maioria do público. Assim nasceu o EP, do cantor e compositor Ricardo Chacon. O disco, além de algumas influências do músico, revela um lado autoral rico e surpreendente. O lançamento do trabalho será feito pela internet, estando disponível para download no www.ricardochacon.com.br, no dia 22, segunda-feira. Participam do disco Juliano Holanda (Orquestra Contemporânea de Olinda), o pianista Vitor Araújo, Bruno Cupim (Seu Chico), Públius (Rabecado), Arthur Dossa (Nuda) e Gabriel Izidoro (Joseph Tourton).

Em quatro faixas, o disco, além de mostrar novos timbres e estilos, faz parte de uma evolução do trabalho autoral desenvolvido por Chacon. “O EP, além de dar continuidade ao meu trabalho independente, iniciado em 2008 com o disco Terra Papagali Coffee Shop, feito em parceria com Piero Bianchi, mostra um pouco do meu trabalho como compositor e um lado mais amplo das minhas influências musicais”, revela o músico.

O EP apresenta ao público um Ricardo Chacon 100% autoral. O trabalho surge para dar um fim nos esteriótipos criados em torno da Nós4. O músico também destaca que o EP carrega muito de suas influências. “Abri espaço pra outros timbres e estilos, um lado gringo de minhas inspirações, diferente do abordado no Terra Papagali. Redescobri meu violão e minha forma própria de tocar e compôr, com muitas influências, dentre elas, de Lennon, The Verve e Wilco.”, conta.

Para apresentar o trabalho ao público, Ricadro Chacon escolheu a internet como forma de divulgação. Um site trará, além do EP, textos, fotos e vídeos do cotidiano do artista. “Será um espaço onde vou publicar textos e arquivos de mídia, para aqueles que se identificam com meu trabalho. Além disso, quero que as pessoas conheçam minhas músicas e possam baixá-las de forma gratuita.”, afirma Chacon.

Além das participações especiais, acompanham Ricardo Chacon nesse trabalho, Jeff Moura (bateria), Gustavo Bigode (baixo), Breno Durães (guitarra) e Piero Bianchi (piano).

CAPA – O projeto gráfico do disco é da publicitária Julia Bianchi, que também é noiva de Chacon. Uma das representações forma uma gaiola e num pássaro voando. A arte faz referência ao novo momento do artista, onde trabalha seu lado autoral, desconhecido da maioria do público.

Assessoria de Imprensa

TA Assessoria e Comunicação

www.taassessoria.com.br

Tiago Areias – 81 9996-5712

tiago@taassessoria.com.br

 

 

Pré-lançamento do DVD do Fim de Feira | 18 de nov | no Espaço Muda

15/11/2010

 

 

Local: Espaço Muda – Rua Capitão Lima, 280 (ao lado da Rádio Jornal).

18 de novembro às 19h

Info.: 81 4101.1551
Entrada Franca

 

Turnê do Arabiando 2010

12/11/2010

Foto: Clara Simas
Isadora Melo veste Melk Z-da

Ganhador do prêmio Circuito Funarte de Música Popular 2010, o grupo Arabiando vai fazer apresentações no sul e no sudeste do Brasil neste mês de novembro. No dia 18, o grupo embarca para Minas Gerais onde vai fazer um show em Sete Lagoas. Depois o Arabiando segue para Resende (RJ), Piracicaba (SP), Joinville (SC) e Maringá (PR).

O Show “Caminho de Casa” do Arabiando é a síntese do trabalho musical do grupo que durante os 08 (oito) anos de carreira tem, de forma singular, dado continuidade à história da música popular brasileira, com destaque para o universo do choro pernambucano. Pode-se dizer que o Arabiando tem como proposta apresentar a Música popular com uma linguagem chorística e camerística, através de arranjos bem lapidados e interessantes. Sua música sinaliza um reencontro da cultura brasileiro-pernambucana com a música contemporânea refinada e espontânea, produzida de forma criativa pela influência da formação acadêmica e erudita de seus integrantes, trazendo inovação e singularidade ao seu trabalho. A improvisação tem um lugar de destaque em suas performances ao vivo.

Todas as informações da turnê no www.arabiando.com

Fim de Feira em São Paulo dias 03 e 04 de Setembro

30/08/2010

foto: Alexandre Severo


O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB – SP) apresenta – a partir de 3 de setembro – a série musical Vale a Pena Ouvir, que acontece ao ar livre (grátis) na Praça do Patriarca, centro de São Paulo, às 12h30. São cinco espetáculos com duas sessões cada (às sextas-feiras e aos sábados, ao meio-dia e meia), reunindo facetas da diversidade musical do Brasil como o tradicional forró, a música regional (nordestina e pantaneira), o rock mesclado com o canto lírico e a música eletrônica com o cancioneiro popular.

O grupo pernambucano Fim de Feira, em apresentação inédita em São Paulo abre a temporada (3 e 4 de setembro), seguido pela pernambucana Andrea Amorim (17 e 18 de setembro), pela banda mineira formada por deficientes visuais Forró no Escuro (1 e 2 de outubro), pelo paulistano-pantaneiro Gabriel Sater (15 e 16 de outubro) e pelos paraibanos do Cabruêra (29 e 30 de outubro), que fecham o projeto.

Para Marcelo Mendonça, diretor do CCBB, “esta iniciativa é um convite ao paulistano para fazer uma pausa e apreciar sonoridades diferentes no centro histórico da cidade”. Essa é a terceira série de shows realizada ao ar livre, numa proposta de levar ao público em trânsito um pouco da programação cultural da instituição.

Todos os grupos e artistas convidados possuem trabalhos reconhecidos em suas respectivas regiões e até mesmo no Exterior; alguns trazem o aval de artistas de renome nacional. A seleção envolveu uma minuciosa pesquisa em busca da diversidade de gêneros e da qualidade artística somada às particularidades dos estilos. O resultado é um projeto rico em sonoridades e elementos da cultura brasileira.

Vale a Pena Ouvir

3 e 4 de setembro: Fim de Feira (ritmos nordestinos com poesia de cordel)

17 e 18 de setembro: Andrea Amorim (rock-lírico)

1º e 2 de outubro: Forró no Escuro (deficientes visuais no forró)

15 e 16 de outubro: Gabriel Sater (regional pantaneiro)

29 e 30 de outubro: Cabruêra (cancioneiro e música eletrônica)

Local: Praça do Patriarca – Centro/SP

Sextas e sábados – às 12h30 – Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652

www.bb.com.br/cultura e www.twitter.com/ccbb_sp

Cartaz

Arabiando na Casa de Seu Jorge

03/08/2010

O Arabiando segue divulgando seu belíssimo disco de estreia, “Caminho de Casa”.

Ganhador do prêmio Circuito Funarte de Música Popular, o grupo vai fazer apresentações no sul e no sudeste do Brasil, mas antes disso, teremos algumas apresentações na capital Pernambucana.

Em Agosto, teremos duas apresentações (14 e 28) na “Casa de Seu Jorge”. Um bistrô da música que proporciona aos seus frequentadores uma variada e seleta programação musical num ambiente agradável e intimista. No salão principal de uma casa construída na década de 60 os artistas se apresentam para uma plateia de no máximo 50 pessoas. Comidas e bebidas criadas e selecionadas especialmente para o espaço compõem o cardápio.

Sábados, 14 e 28 de agosto de 2010.

Das 22h30 às 0h.

Couvert artístico no valor de R$ 10,00.

Av. Santos Dumont, 1066, Rosarinho.

Recife/PE.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.