Skip to content

Fim de Feira e Davi Moares 12 de Junho São João do Recife

10/06/2010

A banda Fim de Feira, vencedora do Prêmio de Música Brasileira 2009 se apresenta neste sábado (12), a 01h, na Praça do Arsenal. Na ocasião, o músico Davi Moraes, filho do cantor e compositor Moraes Moreira, vai dividir o palco com os pernambucanos.

Com arranjos diferenciados, os músicos tocarão no encontro Preta Pretinha (Moraes Moreira), Eu também quero beijar (Pepeu Gomes), Pombo Correio (Moraes Moreira), Festa no Interior (Moraes Moreira) e Um bilhete pra Didi (Jorginho). O público que for à Praça do Arsenal vai conferir uma surpresa no fim do show. (Fonte: Backstage Recife)

Cláudio Rabeca lança “Luz do Baião” no Teatro Apolo

24/05/2010

“valorizando o velho e bom Baião com sua rabeca afinada”
Desde 2005 a frente do Quarteto Olinda, músico lança seu primeiro disco solo, dia 27.

 Após quase um ano de muito trabalho e várias parcerias, Cláudio Rabeca lança o seu primeiro trabalho solo, quinta-feira, dia 27, às 20h, no Teatro Apolo (Rua do Apolo, 121 – Bairro do Recife). Luz do Baião, título do disco, apresenta músicas autorais que evidenciam o instrumento que Cláudio adotou em seu sobrenome artístico. O show contará com a participação especial do Mestre Zé de Teté de Limoeiro, cantando a música de sua autoria, “Vagabundo”.

 http://www.myspace.com/claudiorabeca

Teatro Apolo
81 3355.2030

Arabiando “Caminho de Casa”

22/03/2010

Desde 2002, o Arabiando – cujo nome é inspirado num choro do compositor paulista Esmeraldino Sales – vem trabalhando de forma bastante particular esse gênero que tão bem representa o espírito musical do nosso povo. Utilizando o choro como a espinha dorsal que vai delineando o caminho das suas canções, o Arabiando consegue tecer uma sonoridade bem peculiar, que reúne elementos típicos do gênero, ao mesmo tempo em que estabelece diálogos com outras vertentes musicais. E é através desse caminho, e devido à natureza mestiça e eclética típica do choro, que o grupo também lança mão de elementos da música popular brasileira, como a bossa, o frevo, o baião, a ciranda, o maracatu; além de se utilizar da liberdade jazzística como instrumento de improvisação adequado para os diálogos instrumentais que vão se desdobrando entre as cordas. O resultado é uma música, antes de tudo, brasileira em sua essência, independente do gênero a ser explorado.

“Sem derramar uma lágrima sequer, um choroso canto tipicamente urbano, e brasileiríssimo, vem chegando de mansinho. Começam a sussurrar um violão, um bandolim e um cavaquinho, trançados entre si por uma deliciosa sutileza. E num bate-papo informal, começam a se chegar mais sete cordas e um pandeiro atrevido. Entre improvisos e convenções, a roda vai se formando aos pouquinhos, e costura-se um encontro entre delicadeza e ritmo, que seduz em cheio ouvidos, alma e coração. É de alegria que se faz esse choro, esse chorinho brasileiro.”

No mês de Abril teremos o pré-lançamento do primeiro disco do Arabiando, “Caminho de Casa”.

SESC Santo Amaro PE
Dia 22 de Abril

Rob Curto & The Groove Trio | 21 Março

10/03/2010

O músico de Nova Iorque, Rob Curto, em temporada artística e musical pelo Recife se une aos músicos pernambucanos, Rodrigo Samico, Ricardo Fraga e Braulio Araujo para fazer um som que mistura suas influências americanas aos ritmos tradicionais da música brasileira e nordestina.

As influências musicais de Rob Curto são diversas. Seu primeiro instrumento foi o piano, e com o pai saxofonista, foi criado ouvindo jazz antigo e dançante dos anos 30 e 40. Depois ele se interessou por outros estilos de música norte-americana como Rock, Funk, Blues e música de raíz como Bluegrass e Zydeco, música tradicional de Louisiana.

Mais tarde Rob Curto começou a estudar sanfona e, através dessa experiência acordeonística, descobriu a música brasileira e nordestina (chorinho, samba, forró, maracatu, frevo, xote, coco e ciranda). Rob Curto se encantou e mergulhou completamente no vocabulário, sotaque e sentimento da música nordestina.

Rob Curto (acordeon) and The Groove Trio – Rodrigo Samico (Guitarra), Ricardo Fraga (Bateria) e Braulio Araujo – (Baixo Acústico) fazem sua primeira apresentação domingo, 21 de março, às 19h no Espaço Muda.

O show terá muitas composições próprias que mostra todas essas influências em vários momentos, apresentada numa maneira rítmica, orgânica, experimental e estimulante.

Serviço:
Domingo, 21/Março às 19h
Espaço Muda, Rua do Lima 280
(Ao lado da TV Jornal)
R$ 10,00

Para ver o mapa clique aqui

a musi começa a desbravar a “Terra Papagali”

28/01/2010

“Assim como a sonoridade de nossas aves mais características, “Terra Papagali Coffee Shop” vem propagar seu essencial de nossa pluralidade cultural e origens, convertidas em música brasileira da melhor qualidade. Não à toa o título nos remete a um elemento primordial: aqui pulsa o orgânico em sua leva autoral mais pura e genuína. Composto, idealizado e produzido por Piero Bianchi e Ricardo Chacon, este fruto maior do amadurecimento de sua parceria de quase uma década, recria com a mesma liberdade de nossa era pré-descobrimento, o identitário de uma nova geração de talento, mas cujas influências perpassam pelo estudo e audição de grandes mestres como Edu Lobo, Chico Buarque e Tom Jobim. A afinidade e a sintonia artística destes jovens compositores atinge neste trabalho um raro apuro instrumental e lúdico.”

O Terra Papagali Coffee Shop traz em suas composições samba, baião, bossa-lounge, afoxé, maracatu, diversos ritmos brasileiros e pernambucanos, que se apresentam de forma discreta e misturada. O disco conta com participações muitos especiais nos arranjos e nos vocais (Isaar, Dulce e Cynthia Chacon e Camille Baroiller – FRA).

Convidamos você a ouvir o disco e acompanhar o nosso trabalho na “Terra Papagali”

http://www.myspace.com/terrapapagali

Escute Som e Sol com participação de Isaar

Fim de Feira no Música de Bolso

21/01/2010

Caldo Cultural estreia com show do Fim de Feira

14/01/2010

O projeto vai abrir espaço para divulgação da cultura local.

A cultura ganha um novo espaço para divulgação de suas atividades. Será lançando nesta segunda-feira, dia 18, na Livraria Cultura, às 20h, com pocket show do Fim de Feira, o portal Caldo Cultural (www.caldocultural.com.br). O objetivo do projeto, é divulgar toda multiculturalidade pernambucana e garantir ao internauta uma programação recheada para o fim de semana. O gerenciamento de todo conteúdo será feito pela TA Assessoria e Comunicação. O lançamento poderá ser acompanhado no site e, “tuíte por tuíte”, no http://twiter.com/caldocultural.

Um portal para divulgação da cena cultural pernambucana: esse é objetivo do Caldo Cultural. O projeto vai reunir conteúdos sobre cultura e entretenimento. “A ideia é construir um espaço multicultural. Um espaço para ampliar, ainda mais, a divulgação da cultura de Pernambuco”, conta Tiago Areias, idealizador do projeto. O Caldo será atualizado diariamente com materias especiais e, na sexta-feira, com a programação do final de semana.

Uma das plataformas do Caldo Cultural será a produção multimídia. “O Caldo não será abastecido apenas de texto e imagens. Vamos contar com muitos vídeos e áudios, para complementar a leitura do internauta. Quando um artista lançar um disco, por exemplo, o internauta vai poder se informar sobre a obra e, no mesmo momento, ouvir algumas faixas do trabalho e ver o artista falando da obra”, ressalta.

Um espaço será especialmente dedicado ao internauta. Quinzenalmente um artista estará no “Entrevista” falando sobre seu trabalho e participando de uma promoção. Quem estreia o quadro no Caldo Cultural é o grupo Volver, que acaba de retornar a cidade após uma temporada em SP. “A ideia é fazer com que o internauta fique mais próximo do artista. Ele vai poder mandar perguntas, assistir a entrevista e, se tiver sorte, levar um presentinho autografado pra casa”, completa Tiago.

O Caldo Cultural será gerenciado pela TA Assessoria e Comunicação, com projeto gráfico da publicitária Julia Filizola. Quem comanda a inaguração é a musi promocultural.


Local: Livraria Cultura – Recife Antigo
Dia: 18 de Janeiro de 2010
Hora: 20:00
Pocket Show: Fim de Feira